Agora é real oficial. O iTunes está de fato desativado. O anúncio foi feito pela Apple durante a sua conferência, a WWDC 19.

Em seu lugar, a Apple vai focar em 3 aplicativos diferentes: Music, Podcasts e TV. É possível que muitos usuários da Apple já não sintam essa diferença. No iPhone, por exemplo, essa mudança já havia sido feita. Agora, ela acontece também nos computadores.

Trata-se de uma evolução estratégica da empresa, que precisou se adaptar aos novos tempos após a popularização dos serviços de streaming e que praticamente sepultou o modelo de negócios em que as pessoas precisavam comprar uma única música ou álbum. Com o fim oficial do iTunes, a empresa promete investir em peso em seus produtos substitutos.

O Apple Music tem uma batalha particular com o Spotify para resolver, o Apple Podcast deverá receber mais investimento em inteligência artificial para oferecer conteúdos cada vez mais personalizados aos ouvintes e o Apple TV+, como foi batizado o novo serviço de streaming, contará com produções originais além de conteúdos de outros provedores, como a HBO.

Será que a parceria HBO + Apple vai incomodar a Netflix? Se depender do investimento feito sim, o serviço já anunciou programas produzidos por Jennifer Aniston, Reese Whiterspoon, J.J. Abrams e Steven Spielberg.

Outras novidades anunciadas na WWDC 19 e que foram destaque são:

  • Apple Watch ganha um novo sistema operacional e agora tem a sua própria loja de apps. Antes era necessário instalar os aplicativos pelo iPhone.
  • Modo escuro no iOS 13 ou versão noturna, como muitos gostam de chamar. Para quem reclama da bateria do iPhone essa é uma novidade emocionante.
  • A próxima versão do macOS será chamada de Catalina e chegará em breve nos Macs.

Share Now:

Comentários :